As marcas que os seres humanos deixam são, com frequência, cicatrizes.
A Culpa é das Estrelas
Maybe, i like you
home ask fotos vadia
Ame, mas não tente entender.
Eu me chamo Antônio.  (via f-l-o-r-e-t-i-z-a-r)
Dentre todas as coisas que eu gostaria de ser, o vento se harmonizou como alternativa. O vento não se prende em nenhum dos lugares pelos quais passa, mas sempre leva consigo a essência dos mesmos. Consegue ser violento, ser afago, ser maciço, ser suave. O vento é uma das poucas coisas que sei que de fato é livre, e não me importa se o vento não tem a quem o ame, isso só mostra a autonomia que possui, tudo o que eu gostaria de ter. O vento abraça o mundo, o vento consegue ser onipresente, mora no céu, pertinho de Deus.
Docismo. (via proezas)

FS ©